Para este dia 16.10.2014

Conheci esta linda canção de Monteverdi de 1642 numa apresentação do grupo catarinense Cantus Firmus.

Pur ti miro, pur ti stringo,
pur ti godo, pur t’annodo
più non peno, più non moro,
o mia vita, o mio tesoro.

Enquanto te olho,
Enquanto desfruto esse momento,
Enquanto te abraço,
Enquanto estás junto a mim,
Já não sofro, já não morro,
oh minha vida, meu tesouro.


A verdade sobre o Bolsa Família

Fiquei estarrecido quando a candidata Dilma disse – durante o debate da Band desta terça-feira – ser uma fábula que o Bolsa Família teve origem nas políticas sociais do PSDB, tendo a saudosa Ruth Cardoso um papel de destaque (não foi citado, mas Vilmar Faria, que trabalhou com Dona Ruth, foi o idealizador de vários projetos sociais e da ‘rede de proteção social do governo’).

Já abordei este assunto e os links estão aqui:

É vergonhoso que um Presidente da República minta desse jeito em rede nacional.



Formatura do Corpo de Bombeiros 2014

Formatura 3

Neste última dia 25 aconteceu a solenidade de formatura do Curso de Especialização em Gestão Pública: Estudos Estratégicos no Corpo de Bombeiros Militar de Santa Catarina (CBMSC), desenvolvido para oficiais superiores da corporação em uma parceria com a ESAG/UDESC. A turma foi composta de 15 Tenentes-Coronéis do CBMSC, um Tenente-Coronel da Polícia Militar de Santa Catarina e dois inspetores da Polícia Rodoviária Federal.

Formatura 4

Tenente-Coronel Salésio entregando a homenagem de nome da turma.

Tive o privilégio de ser o professor de metodologia dessa turma. Foi uma das experiências mais gratificantes que tive como docente. Quando entrei na sala no primeiro dia percebi olhares um tanto incrédulos, que se tornaram desconfiados quando iniciei a disciplina. Após alguns slides com assuntos um tanto abstratos, eles começaram a me colocar “na parede”. Eles queriam saber, afinal, o que a disciplina poderia ajudá-los a escrever a monografia, que teria o objetivo de resolver um problema de gestão da corporação. Fui questionado, desafiado intelectualmente com várias perguntas, muitas delas difíceis. Percebi que estava diante de uma turma extremamente capacitada e que queria genuinamente saber. Isso fez com que eu mesmo me testasse o quanto eu realmente sabia e, confesso, nunca havia me testado dessa maneira.

Ao final da disciplina fiquei surpreso e muito honrado ao ser agraciado com a notícia de que fui escolhido como nome da turma. Sou eternamente grato por essa homenagem e pelos novos amigos que fiz. Uma entidade é admirável pelas pessoas admiráveis que nela estão, e o Corpo de Bombeiros é o grande exemplo disso. Fiquem com um forte abraço, e como disse o Tenente-Coronel Póvoas no seu discurso: “missão cumprida!”.

 



A atitude que podemos adotar na Administração

A redução sociológica, em última análise, afirmando a preeminência do ser humano em situação, num dado contexto sócio-histórico, exige que o sociólogo adote, antes de mais nada, a atitude receptiva e lúcida do filósofo que formula e maneja as categorias do pensamento para aplicá-las onde elas se tornem, além de válidas, férteis e produtivas.

Benedito Nunes. In: Guerreiro Ramos. A redução sociológica. Editora UFRJ, 1996. p. 199.

Escrevi algo neste sentido aqui. Gosto da ideia que devemos utilizar as categorias de pensamento de modo fértil. Acredito que seja uma boa orientação ao estudioso da Administração, frente a uma academia que ainda valoriza especulações estéreis sobre realidades não vividas pelo pesquisador.

 


Curso de Aperfeiçoamento de Oficiais da PMSC em parceria com a ESAG/UDESC

Defesa monografia CAO 2014

Nesta sexta-feira (05.09.2014) se encerraram as defesas das monografias dos alunos do Curso de Aperfeiçoamento de Oficiais (CAO 2014): Especialização lato sensu em Administração de Segurança Pública, em parceria com a ESAG/UDESC. Fui o professor de metodologia científica e participei de oito bancas, tendo o privilégio de orientar três dos trabalhos apresentados. A convivência com os 41 capitães durante o curso e o contato com parte da hierarquia da PMSC durante as bancas me deixou positivamente impressionado.

São pessoas inteligentes, gentis, compromissadas e com um senso de honra admirável. Como professor fiquei orgulhoso dos resultados das monografias e da competência com que realizaram as pesquisas.

Pelas conversas que tive todos ficaram muito satisfeitos: a PM – pela qualidade do curso e pelas propostas apresentadas de aperfeiçoamento da gestão de alguns dos setores da instituição – e a ESAG, pela oportunidade de dar aulas a alunos tão gabaritados e de conhecer mais essa complexa organização.

Aprendi a respeitar ainda mais a PMSC. E é com preocupação que observo em alguns setores da sociedade a tentativa de deslegitimar essa instituição, tão fundamental para a manutenção da ordem pública.

Um tenente-coronel durante a defesa de uma monografia citou as palavras de um coronel da reserva: “Você sabe por que eles não nos entendem? Porque num mundo de ‘moderninhos’ nós somos caretas”. Ordem pública, disciplina, honra, meritocracia, busca em ser o melhor no que faz são alguns dos princípios e valores que dão unidade e estabilidade numa sociedade. Realmente é preocupante que estejam “fora de moda”.

 

 


A psicologia do mal

Uma ótima palestra do psicólogo americano Philip Zimbardo. Ele comete apenas um deslize teológico quando afirma que o inferno foi criado por Deus. Segundo a tradição cristã, o inferno foi criado por Lúcifer para o seu propósito de levar as almas que estão em completo e absoluto desamor para com Deus.


página 1 de 1571234567...152025...final »